Minas Acontece
Minas Acontece - Notícias de POUSO ALEGRE - O que acontece em Pouso Alegre você fica sabendo primeiro aqui!
Home    Fale Conosco  

 

POUSO ALEGRE  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  POÇOS DE CALDAS  |  SERRANIA  |  VARGINHA  |  PÁGINA PRINCIPAL
NOTÍCIAS: Saúde & Beleza      Ação Social      Política      Polícia      Geral      Economia      Esporte      Cultura         Buscar:


Polícia procura suspeito de tentar matar mulher que não aceitou reatar o relacionamento
14/2/2018
Vítima teve diversos hematomas no rosto. Ex marido dela é procurado pela polícia.

height=379

Uma mulher de 26 anos foi brutalmente agredida pelo ex marido dela na noite da última sexta-feira, em Pouso Alegre. O caso aconteceu quando a mulher não aceitou reatar o casamento com o autor.

Segundo o boletim de ocorrências, a vítima tinha ido até um bar da cidade com uma amiga dela, quando autor, Guilherme Henrique Oliveira Lopes de 22 anos, foi até o bar onde ela estava e insistiu em levar a mulher para casa na motocicleta dela. Ela aceitou e saiu do bar com o homem. Guilherme seguiu em direção ao presídio da cidade e ao se aproximar do local, parou o veículo e insistiu que a mulher reatasse o casamento deles.

Quando a mulher disse que não reataria, o homem começou a agredi-la com socos e chutes no rosto e em todo o corpo. Ela teve diversos ferimentos no rosto, tórax e braços e foi socorrida até o hospital Samuel Libânio, onde ficou em observação devido à gravidade dos ferimentos. O autor fugiu na motocicleta da vítima e até o momento ainda não foi localizado.
Guilherme já tem passagem pela polícia por homicídio consumado. O jovem matou um homem na boate Maracanã, no bairro São João quando ainda era menor de idade. Um mandado de prisão preventiva já foi expedido contra ele, que está sendo procurado pela polícia. Se algum leitor tiver informações sobre o paradeiro de Guilherme, favor avisar a polícia no 190 ou 181, o disque denúncia.

#Compartilhe:
Ajude a polícia a encontrar o suspeito GUILHERME e denuncie para Polícia Militar no 190 ou no disque denúncia, o 181.


Por Pedrinho Alencar Azevedo




Comentários:




 

NOTÍCIAS: NOTÍCIAS: Saúde & Beleza      Ação Social      Política      Polícia      Geral      Economia      Esporte      Cultura