Minas Acontece
Minas Acontece - Notícias de POUSO ALEGRE - O que acontece em Pouso Alegre você fica sabendo primeiro aqui!
Home    Fale Conosco  

 

POUSO ALEGRE  |  ALFENAS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  POÇOS DE CALDAS  |  SERRANIA  |  VARGINHA  |  PÁGINA PRINCIPAL
NOTÍCIAS: Saúde & Beleza      Ação Social      Política      Polícia      Geral      Economia      Esporte      Cultura         Buscar:


Comerciante reage e mata assaltante em troca de tiros
12/3/2017

Em assalto frustrado, o bandido já chegou atirando.

height=328

Em Pouso Alegre, nesta noite de sábado (11/03), a Polícia Militar foi acionada via telefone 190 e compareceu no Bairro Algodão, Rodovia BR-381, km 864, no “Bar do Valdir”.

No local, os militares deparam com um cidadão caído ao solo já sem vida. Foi feito contato com as vitimas e testemunhas, que relataram que 02 (dois) indivíduos, armados de armas de fogo, sendo brancos e de estatura mediana, sendo que um estava de roupa branca, sem maiores dados e o outro de camisa azul e shorts estampado, sendo que este adentrou no interior do bar e anunciou assalto, mandando todo mundo deitar no chão e passar o dinheiro, o outro ficou do lado externo dominando os outro clientes.

O autor Bruno, mais conhecido como Bruno Lambari estava muito nervoso e começou a disparar sua arma no interior do estabelecimento, dado momento, depois de subtrair 500,00 Reais da vitima senhor B.B.P, apontou a arma para as pessoas, sendo preciso o senhor Valdir Jose Silvério (proprietário do bar) sacar de sua arma e revidar a injusta agressão para preservar a própria vida e de seus clientes, disparando contra o infrator BRUNO que foi alvejado no peito, vindo a cair ao solo, sendo que o seu comparsa tentou arrastar o seu companheiro do crime, porém, desistiu pegando a sua arma e provavelmente o dinheiro fugindo tomando rumo ao fundo do bar.

O senhor Valdir também evadiu do local tomando rumo ignorado. Testemunhas afirmaram que no momento da ação havia um veiculo Honda Civic de cor prata, todo isufilmado e com barulho nas rodas, próximo do bar e que depois do assalto saiu em alta velocidade tomando rumo a BR 381, sentido São Paulo.

No local compareceu a equipe do SAMU que constatou o óbito.

O local do crime foi isolado e a perícia fez os trabalhos de praxe, recolhendo 06 (seis) cápsulas deflagradas de Cal.32 e vários estilhaços de projéteis que teria sido disparado da arma do autor Bruno.

A PM fez contato com o filho do senhor Valdir que se prontificou a entregar o revolver cal.38 com 03 munições cal.38 intactas e 02 deflagradas usado pelo seu pai contra o autor Bruno, dizendo que seu pai se apresentaria na próxima segunda-feira com seu advogado na delegacia de policia de Pouso Alegre.

A equipe da PM foi até a residência da vitima do homicídio, sendo feito contato com a mãe de Bruno e esta relatou que o filho, havia saído de casa juntamente com o seu outro filho de nome RODRIGO e também com a companheira de Bruno e que não soube informar o rumo que tomaram, relatando ainda que quando estava chegando da igreja, uma pessoa a que ela não quis citar o nome, havia falado que seu filho estava morto, porém ela não acreditou.

Em tempo quando a equipe da PM fazia rastreamento pelo local para localizar o autor do Roubo do bar do algodão, foi localizado um veículo fiat /uno cs 1.5, placa bpw5648, de Ipuiuna/mg, o qual ao ser consultado foi sinalizado com queixa de furto.  Foi localizado na BR 381, Km 838.

A vitima senhor B.B.P, foi atingido no braço direito pelos estilhaços dos disparos da arma do autor/vitima Bruno Lambari. O senhor não quis atendimento médico.

Se o comerciante fosse encontrado no local, devido a nossa falha legislação, o comerciante teria que ser preso pela PM em flagrante delito e mesmo reagindo em legítima defesa, ele ainda vai ter que responder por homicídio.

height=122

Amigos da verdadeira vítima, o senhor Valdir, estão fazendo uma campanha na internet para que o comerciante não seja preso por ter matado assaltante.

height=332

Por esses e outros motivos que o Deputado Jair Bolsonaro vem crescendo nas pesquisas de opiniões para candidato a Presidência da República. O jornal Minas Acontece apoia abertamente o porte de arma para pessoas de bem que não possui antecedentes criminais. O meliante morto no tiroteio possui diversas passagens pela polícia.

As informações da reportagem são de acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar de Minas Gerais.

Por Pedro Alencar Azevedo




Comentários:



 

NOTÍCIAS: NOTÍCIAS: Saúde & Beleza      Ação Social      Política      Polícia      Geral      Economia      Esporte      Cultura