MINAS ACONTECE - O QUE ACONTECEU EM MINAS VOCÊ FICA SABENDO PRIMEIRO
Minas Acontece Home | Fale Conosco
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

COPASA busca água no Cavacos para pacientes de hemodiálise em Alfenas
19/2/2014


Seca obriga captação de água em poços para pacientes de hemodiálise


Para garantir a saúde dos pacientes de hemodiálise de Alfenas (MG), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) tem captado água de poços localizados no distrito de Cavacos, em Alterosa (MG). Segundo o órgão, a ação é preventiva diante dos efeitos da estiagem que tem atingido o Lago de Furnas na região.

Oito vezes por dia, caminhões viajam de Alfenas até a estação de tratamento de água em Cavacos. Cada veículo é abastecido com sete mil litros de água, que são captados de poços com mais de 100 metros de profundidade. No total, são transportados diariamente 56 mil litros de água para abastecer os setores de hemodiálise em três hospitais de Alfenas.

height=84

“Essa é uma medida preventiva, para resguardar os pacientes da hemodiálise, que precisam de uma água mais pura”, explica o técnico em química da Copasa Carlos Viana.

A hemodiálise é um tratamento feito para filtrar o sangue de pessoas com problemas renais e, neste tipo de tratamento, a boa qualidade da água é fundamental. Segundo a Copasa, só o setor de hemodiálise do Hospital Alzira Velano recebe, em média, 14 mil litros de água todos os dias. Cerca de 40 pacientes fazem três sessões por semana no hospital.

height=450
Paciente faz hemodiálise em hospital de Alfenas (Foto: Tarciso Silva/ EPTV)

Captação no Lago de Furnas

A água distribuída para a população de Alfenas é captada pela Copasa no Lago de Furnas. Por conta da estiagem, a represa está quase 10 metros abaixo do nível normal.

“A água captada de Furnas e distribuída em Alfenas é de boa qualidade e não oferece risco nenhum para a população. Todos podem consumi-la tranquilamente”, afirma Viana.

No entanto, para o ambientalista Itamar Silva, a qualidade da água fornecida aos moradores de Alfenas não é a ideal. “Em minha opinião, a água é imprópria porque a estiagem também elevou a temperatura da água e reduziu a oxigenação”, alega.

Por enquanto, a Copasa não anunciou nenhuma mudança no sistema de captação e abastecimento da população.

Com informações do g1/suldeminas

Veja o vídeo no G1


height=302




Comentários:







 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.